« Voltar para Atualidades

Atualidades

ENEM

19 SET, 2017 Autor: JOSÉ ROBERTO ABRAMO
ENEM (19/09/2017)

Revolução Russa 100 anos

 Em 1905 houve a manifestação que seria o germe da Revolução de 1917.


No início do Século XX a nação russa ainda vivia um regime absolutista sob o regime de Nicolau II. A Rússia ainda estava sob um atraso econômico e político a esta época, em relação ao resto do mundo.

Em 22 de Agosto de 1905 uma manifestação pacífica que marchou para o palácio do Czar Nicolau II foi reprimida violentamente, evento que ficou na história como o domingo sangrento. Porém este moimento fora espontâneo e sem lideranças que pudessem direcioná-lo. Mas, foi a partir desta mostra de insatisfação popular, não sem motivo, que se planta a Revolução de 1917.

A economia russa atingira uma taxa significativa de crescimento. No entanto, imperava a pobreza extrema para os cidadãos. As condições da nobreza em relação às camadas mais pobres eram de fato de uma distância imensa.

A transição do feudalismo para o capitalismo foi tardia. E talvez por isso, com uma transição muito rápida, a situação começou a perder o controle. Os servos tiveram acesso à compra de terras. Mas, a consolidação desta liberdade foi onerosa, e deste movimento efetivou-se a miséria. O que não era muito diferente da condição anterior de servidão. A expansão da economia em ritmo de crescimento favoreceu às classes mais altas, enquanto estas e o Czar resistiam a manter a estrutura atrasada intacta.

Assim vários setores da sociedade passam a contestar o sistema. Trabalhadores urbanos, reivindicam melhorias, intelectuais e liberais protestam por direitos civis. Também as forças armadas se encontravam insatisfeitas, bem como camponeses, os principais descontentes. Desta forma, todos os setores desejam melhorias econômicas, já que o país demonstrava capacidade para este provimento. 

O czar Nicolau II lança um manifesto – O Manifesto de Outubro – onde permite a criação de um parlamento e partidos políticos. Assim nasce os Mencheviques e os Bolcheviques. Os primeiros eram socialistas moderados, que defendiam mudanças graduais e eram apoiados pela burguesia. Enquanto os segundos optavam por reformas rápidas – revolucionárias.  

Em oposição aos Regime Czarista aparece o Partido Operário Social-Democrata Russo (POSDR). Esta agremiação partidária congrega várias lideranças políticas que com certeza eram influenciadas pelas ideias do socialismo marxista.

O Grupo do POSDR como um todo queria a transição para o socialismo de forma lenta, progressiva, sem traumas ou revoluções. O socialismo deveria triunfar nas urnas quando fosse o seu momento ou quando a sociedade assim tivesse amadurecido. Em tese o colapso do capitalismo, que naturalmente iria acontecer ao atingir seu ápice. Assim, fazia-se mister ter paciência. O partido se divide em alas entre elas o Mencheviques, a minoria e o Bolcheviques, a maioria.

A liderança do Mencheviques era de Georgy Plekanov e Yuly Martov. E a liderança maior dos Bolcheviques, era a de Vladimir Lenin.

Os Bolcheviques acreditam que o governo deve ser controlado diretamente pelos trabalhadores. Assim, a revolução proletária seria a direta propulsora das transformações que modernizariam a economia russa com o fim dos contrates sociais que marcavam o país.

Os Mencheviques achavam que a transformação deveria ser gradual. Acreditavam, que era preciso esperar o pleno desenvolvimento capitalista da Rússia e caminhar das suas contradições inexoráveis, até que se desse início efetivo à ação revolucionária.

Em fevereiro os Mencheviques tomam o poder na Rússia. Estabeleceriam uma economia capitalista de fato no país. Mas, mantiveram a Rússia na 1ª Guerra, o que trazia muitos problemas para a população em geral uma vez que o esforço de guerra suprimia soluções internas. Lenin denuncia o poder limitado do novo regime diante das causas populares e em novembro do mesmo ano (1917), com uma força revolucionária organizada, já a esta altura, derruba a administração Menchevique. Desta data em diante, Lenin, Leon Trostsky e outras lideranças, promovem mudanças estruturais na política e na economia, sob a égide do Marxismo.

A Rússia sob liderança de Lenin sai da 1ª Guerra.

O Congresso dos Sovietes elege o primeiro governo dos trabalhadores, liderado por Lênin, que após anunciar os decretos sobre a paz imediata e sobre a distribuição de terras, declara: “Iniciamos a construção da nova ordem socialista”.

Após rápida tomada do poder, o governo de operários e camponeses dos sovietes enfrenta um difícil acordo de paz com a Alemanha, onde se vê obrigado a ceder parte do território russo. Mas, o território é recuperado após a derrota alemã contra as potências ocidentais. No entanto, finda a guerra, as potências ocidentais atacam a Rússia Soviética com tropas e fornecem apoio logístico às forças russas da contrarrevolução - os exércitos “brancos”, e daí uma guerra civil se desenvolve entre os anos 1918 e 1921, e ao fim destrói-se completamente o país. A guerra civil, no entanto, ao fim se dá com a vitória do Exército Vermelho.

Na História a Revolução Russa foi a primeira revolução de fato proletária do mundo. A Revolução Russa, implicitamente tenta demonstrar que o capitalismo não é o último dos sistemas político-econômicos da História. Ao mesmo tempo, que seria possível viver em uma sociedade sem que um ser humano explorasse o outro. A tentativa de uma sociedade solidária.

 A Revolução Russa por ser radical na transformação de uma sociedade capitalista polariza opiniões. Existem os que a defendem e os que a atacam. Mas, historicamente é importante entendê-la em seus desdobramentos e o legado que dela permanece e tudo o que a História lhe deve, de bom ou de ruim, porque foi um evento importante e com repercussão mundial, que ocorre em plena 1ª Guerra Mundial, e seus desdobramentos se enovelam com a História do Século XX e até o XXI.

Referências:
 
http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/historiageral/bolcheviques-x-mencheviques.htm
 
https://bertonesousa.wordpress.com/2017/03/10/os-cem-anos-da-revolucao-russa/
 
http://www.infoescola.com/historia/revolucao-russa-de-1905/
 
http://jornalggn.com.broticia/100-anos-da-revolucao-russa-por-eduardo-mancuso
 
http://www.infoescola.com/uniao-sovietica/mencheviques/
 

Mais Atualidades

SINAL ANALÓGICO

08 NOV, 18 Autor: Fonte: ANATEL ( Agência Nacional de Telecomunicações.)

SINAL ANALÓGICO. QUANDO SERÁ DESLIGADO ?

SAIBA MAIS

Os 10 melhores Sambas-Enredo de todos os tempos

07 FEV, 18 Autor: José Roberto Abramo

“Quem não gosta de samba, bom sujeito não é”, já dizia Dorival Caymmi. Em “O Samba da Minha Terra”, de 1940, os sambas de roda da Bahia foram a grande inspiração. A frase, no entanto,...

SAIBA MAIS

Febre Amarela: vacinar ou não?

01 FEV, 18 Autor: José Roberto Abramo

 José Roberto Abramo (em resumo de pesquisa para o link saber.com.br) - Publicado no dia 01/02/18 A sociedade Global padece neste século XXI e já desde fim do...

SAIBA MAIS

1 2 3 > >>
LINK SABER - CURSO UM TORQUE - VAIALI.COM
(32) 99924 - 5729
Rua: Marechal Deodoro nº 982 (parte Alta) Juiz de Fora MG